SB Crédito Blog

Conteúdos para descomplicar

as finanças da sua empresa!

12 de março de 2021
COMPARTILHE

Como vender mais com a retomada da economia?

Com a expectativa pela retomada da economia, é hora de rever o planejamento de vendas para adaptar os negócios ao mercado. Afinal, os impactos do coronavírus foram significativos em praticamente todos os setores. Assim sendo, alguns reajustes se fazem necessários.

Porém, em meio a esse cenário, muitos empresários podem ficar com dúvidas. Como agir de modo seguro e inteligente diante dos novos desafios? Como vender mais na retomada da economia?

Você, com certeza, já deve ter ouvido falar que por trás dos momentos de crise estão chances imperdíveis para fazer acontecer. Estamos certos?

Pois bem, observar os impactos do coronavírus nos modelos e hábitos de consumo também pode funcionar como uma mola propulsora para o crescimento das empresas.

Preparamos este post para ajudar você a identificar oportunidades, se preparar para a retomada da economia e impulsionar suas vendas!

O que dizem as projeções dos economistas

Mas, antes, vamos entender um pouco mais sobre as projeções dos economistas.

Em geral, as previsões para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro este ano variam de 2% a 4%. Em todo caso, as perspectivas são otimistas. 

De acordo com o Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado no dia 25 de janeiro, a projeção do PIB do Brasil em 2021 subiu de 3,45% para 3,49%.

9 dicas de como vender mais com a retomada da economia

Em um cenário em que muitas empresas passaram a utilizar as linhas de crédito e também começaram a reduzir salários e equipes, é preciso redobrar a atenção aos processos. É sempre bom lembrar que uma gestão empresarial de sucesso depende de organização, planejamento e estratégia.

Embora a retomada da economia seja desigual em diferentes setores, é possível identificar boas práticas comuns para o reaquecimento do mercado.

Separamos algumas dicas de como aproveitar o momento de retomada da economia para acelerar as vendas. Fique à vontade para se inspirar e adaptar as estratégias às particularidades do seu negócio.

1. Busque parcerias para captar novos clientes

Com a alta competitividade do mercado, firmar parcerias com outras empresas é uma forma de melhorar a reputação e facilitar a captação de clientes. Ajuda a economizar recursos para a realização de ações que poderiam exigir alto investimento se fossem feitas sem o apoio do parceiro. 

Além disso, é capaz de chamar um público diferenciado para conhecer (e, claro, comprar) seus produtos ou serviços.

Para encontrar o melhor parceiro, verifique se a empresa é sua concorrente ou complementar, e lembre-se que o público em potencial deve ser o mesmo. 

Feito isso, estabeleçam em um documento todas as responsabilidades de cada parte envolvida para que possíveis conflitos sejam evitados.

2. Melhore o relacionamento com o cliente

Especialmente no momento de retomada da economia, é fundamental que sua empresa se mostre ainda mais perto do cliente. Mais importante do que vender, então, é saber se comunicar, ser flexível, agregar valor e agir com empatia.

Construir um relacionamento próximo vai ajudar seu negócio, inclusive, a identificar mais facilmente as mudanças de comportamentos dos consumidores. E, assim, se antecipar a futuras tendências que venham a surgir.

Você pode começar isso ao ter uma presença ativa nas redes sociais e ao oferecer conteúdo relevante para os consumidores em tempos de isolamento social.

Outra dica é instalar o WhatsApp Business para facilitar a comunicação com os clientes e se mostrar mais aberto a entender as necessidades deles. O aplicativo é útil não só como um meio de como vender mais, mas também para melhorar o atendimento e fidelizar seu público.

Por exemplo, é possível criar respostas automáticas, com isso você pode apresentar o seu negócio aos clientes assim que eles mandarem alguma mensagem. Além disso, você pode acompanhar as estatísticas da ferramenta, como o número de mensagens enviadas; de mensagens entregues; de mensagens lidas e de mensagens recebidas.

3. Digitalize as vendas

A transformação digital e o aumento das vendas online, sem dúvida, teve como um dos principais ocasionadores a pandemia do coronavírus e a recomendação de isolamento social.

Se antes toda empresa deveria aproveitar o potencial da internet como estratégia de como vender mais, hoje isso se torna crucial. É uma questão de sobrevivência no mercado.

Criar um e-commerce ou passar a oferecer serviço de entrega em domicílio são alguns exemplos de como digitalizar as vendas. Uma adaptação mais do que necessária à nova realidade pós-pandemia.

4. Invista na inteligência de dados 

Para alcançar os clientes com mais assertividade e eficácia, é importante coletar informações valiosas sobre eles. Mais importante do que construir uma carteira de clientes, é alimentar sua base de dados. 

A partir de informações de contato e histórico de vendas, fica muito mais fácil abordar as pessoas certas e vender mais. Esse é um passo fundamental para o sucesso de qualquer negócio diante da retomada da economia.

Para começar, basta adotar uma ferramenta de gestão da carteira de clientes como sistemas de CRM. Pesquisas comprovam que empresas que fazem uso dessas plataformas foram menos afetadas pela pandemia.

Mas é importante tomar cuidado. Com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), muita coisa está mudando no cenário de inteligência de dados. Para quem não sabe, A LGPD é a lei nº 13.709, aprovada em agosto de 2018 e com vigência a partir de agosto de 2020 e traz diversas exigências legais para a captação e cuidado com os dados. 

5. Aumente a eficiência da gestão de estoque

Como o período de pandemia deixou muitos estoques parados, os custos diretos e indiretos ficaram maiores para a empresa. No entanto, com a previsão de retomada da economia, o momento exige mais atenção à gestão de estoque.

Equilibrar as quantidades armazenadas para manter o equilíbrio entre oferta e demanda é a principal forma de aumentar a eficiência do processo. Mas, é válido ainda, levar em consideração riscos como avaria, obsolescência e vencimento.

Uma gestão de estoque eficiente deve ser bem estruturada e produtiva, evitando desperdícios e incentivando uma gestão financeira saudável.

6. Melhore o planejamento e gestão financeira

Falando em finanças, esse é outro ponto fundamental quando o assunto é como vender mais com a retomada da economia. Como o setor financeiro da empresa sempre é o primeiro a sentir os impactos de uma crise, deve ser acompanhado e controlado de perto. 

Para melhorar seu planejamento e gestão financeira, comece por duas ações simples:

  • garanta um bom capital de giro para manter suas obrigações em dia e evitar prejuízos.
  • faça do controle do fluxo de caixa uma rotina da gestão financeira da sua empresa.

A SB Crédito possui linhas de crédito para o capital de giro! Saiba mais >

Saber quanto entra e quanto sai do seu caixa é primordial para fazer investimentos assertivos e manter um negócio lucrativo. Afinal, quando você consegue olhar todas as movimentações financeiras do seu negócio fica muito mais fácil identificar perdas e ganhos. Também ficam mais claros os pontos que precisam ser melhorados para garantir a saúde financeira.

Esse acompanhamento também é importante para traçar objetivos e fazer previsões realistas para os próximos meses. Basta levar em consideração o seu histórico.

7. Reforce a gestão de riscos

Reforçar a gestão de riscos é outra dica que sua empresa precisa observar para poder vender mais com a retomada da economia.

A pandemia nos mostrou claramente que lidar com ameaças em potencial é uma necessidade urgente para negócios de todos os portes. Um cuidado que vai refletir, inclusive, na continuidade (ou não) de suas atividades.

Basicamente, a gestão de riscos consiste em compreender possíveis ameaças relacionadas à sua atuação e prevenir imprevistos caso se tornem reais. É uma maneira de trazer mais dinamismo à operação e a aumentar a velocidade de resposta às mudanças de cenário.

Para realizar esse monitoramento, procure acompanhar constantemente todos os acontecimentos que impactam o seu negócio.

8. Redobre a atenção à cobrança de clientes

Para estimular o crescimento da sua empresa, melhorar as finanças e também seu fluxo de caixa, redobre a atenção à cobrança dos clientes. Para fazer a cobrança de clientes e reduzir os índices de inadimplência, procure treinar os colaboradores e rever a abordagem.

Empatia e capacidade de comunicação são imprescindíveis. Contudo, fazer um contato amigável, com uma abordagem adequada e se mostrar compreensivo é essencial. Mostre que está disposto a encontrar uma solução interessante para ambos, sem esquecer, claro, de suas políticas de cobrança.

A SB Crédito, por exemplo, conta com uma equipe de cobrança própria, que pode realizar o trabalho de dar atenção à questão da cobrança aos clientes de forma exclusiva. Com isso, fica ainda mais fácil evitar a inadimplência.

9. Invista em ações de marketing digital

Com mais tempo em casa, o uso da internet e das redes sociais cresceram como nunca antes visto. Logo, investir em marketing digital se tornou uma estratégia certeira para aumentar as vendas na retomada da economia.

Mais barato do que o marketing tradicional, ajuda a fortalecer sua marca, gerar valor para o cliente e melhorar o relacionamento com os consumidores. 

Conclusão

O momento de retomada da economia é a hora certa para alavancar os negócios. Esperamos que as nossas dicas possam servir de inspiração para que possa acelerar  o seu negócio. Agora, você tem as informações que precisa para conseguir vender mais e alcançar melhores resultados. 

Para conferir mais insights para preparar sua empresa para o futuro assista à live Como vender mais na retomada da economia. Nela, nosso vice-presidente, Duani Reis, recebe Sergio Teixeira, um dos sócios da Fazzer Consultoria, empresa especializada em estratégia de vendas.

 

Mercado financeiro, investimentos, recebíveis?
Fique atualizado e saia na frente!
Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão.